DIOCESE DE
CAMPO MAIOR

/
/
/
Movimento Luz Vida promove retiros em Boqueirão(PI) e Nossa Senhora de Nazaré (PI)

Movimento Luz Vida promove retiros em Boqueirão(PI) e Nossa Senhora de Nazaré (PI)

retiro-luz-vida-2017-4
Retiro Oásis em Nossa Senhora de Nazaré (PI), com o Padre Alcindo Saraiva.

Cerca de 140 jovens das mais variadas paróquias da Diocese de Campo Maior estão realizando nas cidades de Nossa Senhora de Nazaré e Boqueirão do Piauí um retiro do Movimento Evangelizador Luz Vida. O retiro “Oásis da Vida Nova”, como é mais conhecido, tem como principal finalidade promover a esses jovens o encontro pessoal com Jesus Cristo.

retiro-luz-vida-2017-3
Retiro Oásis de Boqueirão do Piauí, com o Padre Luis Francisco.

O retiro possui uma metodologia própria, refletindo a cada dia um dos mistérios do Rosário. Os jovens participam da Santa Missa, aprendem sobre a história da Igreja na “Escola Apostólica”, meditam sobre passagens da Bíblia no “Encontro Evangélico”, aprendem sobre a história do Rosário e os dogmas da Igreja na “Escola de Oração” e procuram sinais de Deus na natureza durante a “Caminhada de olhos abertos”. Eles também possuem um espaço reservado para conversar com Deus, a chamada “Tenda de Reunião”. À noite, todos participam de um lazer e realizam apresentações sobre os temas refletidos.

retiro-luz-vida-2017-5
Padre Alcindo Saraiva, moderador do retiro de Nossa Senhora de Nazaré (PI).

Em Nossa Senhora de Nazaré, o responsável é o Padre Alcindo Saraiva. Segundo o sacerdote, cada retiro é uma experiência nova: “O retiro Luz Vida tem sido, ao longo desses anos, uma ‘forma’ não só de formar cristãos, mas de fazer discípulos. A experiência de se tornar discípulo é anterior à experiência sacramental, mesmo esses jovens já tendo até recebido o sacramento da crisma. No Luz Vida nós despertamos a fé adormecida dentro de cada um.”

Em Boqueirão do Piauí, o moderador é o Padre Luís Francisco.

Sayneyanka Silva (17 anos) de Altos-PI, já participou do retiro no ano passado, em Boqueirão-PI, e aceitou o convite para participar novamente. Ela nos contou um pouco sobre as suas melhores experiências proporcionadas pelo movimento: “Eu tive o meu Encontro Pessoal com Cristo no 11º dia do retiro, na tenda de reunião. Ao longo da jornada, depois do retiro, fica tudo mais difícil, acabamos perdendo as forças e os conhecimentos. Estou voltando por que quero renovar.”

retiro-luz-vida-2017-6
Sayneyanka Silva (17 anos) de Altos-PI, durante o Terço da Misericórdia.

No dia 22 de janeiro os jovens se juntarão e promoverão o “Dia da Unidade” em Nossa Senhora de Nazaré-PI, com a presença do bispo de São Raimundo Nonato (PI), Dom Eduardo Zielski, responsável por trazer o movimento para o Brasil, há 31 anos.

Conheça a história do movimento:

O Movimento Evangelizador Luz – Vida, tem sua origem na Itália, onde se iniciou como Movimento de  Jovens com o  OÁSIS, elaborado e realizado primeiramente pelo seu criador Pe. Virgínio Rotonde no ano de 1950, tendo forte ligação com a Devoção Mariana.

Para dizer melhor foi exatamente a primeiro de novembro de 1950, no decurso de mais um Ano Santo e na mesma manhã  em que Pio XII proclamava solenemente o Dogma da Assunção de Nossa Senhora, na praça de São Pedro, que nasceu o Movimento OÁSIS. Este se ramificou, fazendo surgir o Movimento Evangelizador Luz – Vida, também chamado OÁSIS.

O Movimento com o passar dos anos, cresceu e se desenvolveu, abrangeu outros países, se tornando internacional e atingindo não somente os Jovens, mas também os casais. O crescimento do Movimento e sua abertura a todo tipo de cultura se deu em virtude, de que em cada país onde se iniciou, na medida do possível, adaptou – se a realidade do lugar, contando sempre, na sua essência, com a mesma doutrina.

retiro-luz-vida-2017-2
Jovens do Retiro de Boqueirão do Piauí, durante a Escola Apostólica.

Este Movimento é simbolizado com as palavras LUZ – VIDA, escritas em grego, onde a palavra LUZ se cruza com a palavra VIDA, que tem Jesus como A LUZ que deve cruzar-se com toda a VIDA do homem.

Nos grandes desertos de areia, não há vida por falta de água, se aparecer um pouco de água, à sua volta se forma um OÁSIS de vida, por isso é chamado OÁSIS o local onde se reúnem por 15 dias as pessoas que fazem este retiro. Neste nosso OÁSIS estamos encontrando novamente a vida do Evangelho, bebendo a água da vida Espiritual, guiada pelo Espírito Santo.

Os dias de retiro são divididos entre os quinze mistérios do terço, refletindo um mistério dia após dia, passando assim todo o ano litúrgico aos participantes, proporcionando-lhes o reconhecimento de que a liturgia deve ser uma fonte para a vida cotidiana. É ideia principal do Movimento educar os jovens e os casais na base da liturgia, louvando e refletindo as palavras de Deus, concedendo-lhes o maior conhecimento de toda história da Salvação, o conhecimento das quatro verdades básicas do cristianismo:

1ª – Deus me ama e tem um maravilhoso plano de amor;

2ª – O homem é pecador e está afastado de Deus e não pode experimentar o plano de amor que Deus tem para nós;

3ª – Jesus  Cristo  é  a  única  solução  dada  por  Deus  contra os pecados do homem;

4ª – Precisamos receber a Jesus como pessoal Salvador e Senhor, por meio de um convite pessoal, para assim experimentar o que Deus preparou para o homem dentro de seu infinito amor.

Este conhecimento é aprofundado em três etapas a percorrer:

  • A primeira etapa visa evangelizar, ou seja, levá-los a reconhecerem o ser humano como tal, sua ligação com Deus como foi, como é e como deve ser, dando a conhecer as quatro verdades…
  • A Segunda etapa visa a formação de consciência cristã. O Movimento propõe para seus componentes três degraus de preparação:

1º – Que visa a complementação da parte feita na evangelização;

2º – Que menciona as escravidões do homem e como se libertar delas;

3º- Que fala sobre a vida comunitária do cristão e sobre o serviço dentro desta vida comunitária.

  • A terceira etapa é a Diaconia – que propõe o serviço que o cristão deve reconhecer dentro da Igreja, se tornando um catequista, dirigente do culto, ou tendo um específico serviço dentro do Movimento, servindo na evangelização e formação dos outros. Este Movimento propõe experimentar e conviver o amor fraterno AGÁPE, que leva as pessoas a uma verdadeira conversão, ou seja, mudança de mentalidade, metanóia.

Chamamos ao grupo do OÁSIS, grupo em busca, porque é justamente isto que se faz lá, busca-se o amor de Deus e como chegar até Ele no plano da Salvação, não só teoricamente, mas utilizando-se de observações concretas Á LUZ do Evangelho, das palavras de Deus, contidas na Sagrada Escritura.

retiro-luz-vida-2017-1
Jovens do Retiro de Nossa Senhora de Nazaré (PI) durante a Escola Apostólica.

Um grupo de busca que procura uma fonte de água viva que lhes dê a nova vida, esta fonte de água é encontrada em Jesus Cristo, é por Ele que a vida Nova brota nos jovens e os faz se transformarem de Homem Velho para Homem Novo. Renovados por Jesus Cristo na sua obra de Salvação.

Jovem evangelizando outro jovem! Mas como isto pode acontecer? Somente quando o jovem tem condições de se encontrar inteiramente com Deus, então poderá transmitir a outros através da Palavra e do Testemunho. O Movimento deseja que os seus participantes sejam ativos evangelizadores de outros jovens.

Luz Vida no Brasil:

Tudo começou com a chegada do Pe. Edward Zielski, de nacionalidade polonesa, e um grupo de missionários vidos do sul do Brasil, para um trabalho em Central na Bahia.

No mês de janeiro de 1984, na cidade de Central e Jussara, foi feita uma evangelização que se prolongou até o final do mês. Em conseqüência desta evangelização, surgiram grupos de jovens que se tornaram sementes do Movimento na Bahia. Durante todo o ano de 1984, esta juventude se preparava para participar no primeiro retiro de 15 dias, que é o ponto alto da formação do Movimento. No início do ano de 1985, pela primeira vez no Brasil, foi realizado um retiro OÁSIS do Movimento Evangelizador Luz – Vida, na cidade de Uibaí, com 39 participantes.

retiro-luz-vida-2017
Retiro de Nossa Senhora de Nazaré, durante a apresentação dos participantes.

Os jovens manifestaram espontânea aceitação deste tipo de trabalho, chegando no ano de 1986, no mês de janeiro, até um número de 70 participantes. Já no ano de 1987, aconteceram dois retiros, um de primeiro grau com 43 participantes e um de segundo grau com 12 participantes.

Em 1988, também aconteceram dois retiros um de primeiro grau com 41 participantes e um de segundo grau com 21 participantes.   Em 1989, fizemos dois retiros de primeiro grau, um com 35 participantes o outro com 54 participantes.

No ano de 1990 Pe. Edward chega para a diocese de Floresta Pernambuco e assume a Paróquia de Santo Antônio em Ibimirim, logo inicia os trabalhos com a juventude. Só no ano de 1992 aconteceu o primeiro retiro do movimento na comunidade Moxotó Ibimirim com a ajuda de Rosaligia e do seminarista Vanderley jovens que trabalharam com o padre em Irecê e Central Bahia como missionários  leigos.

Daí, durante esses últimos oito anos, exceto 1997 aconteceram em Penambuco retiros do M.E.L.V. No ano de 1995 aconteceram dois retiros em Moxotó e Puiú Em Moxotó com Pe. Nicolau Klak, e em Puiú com Pe. Eduardo no qual participaram também Pe. Estevão Mitros e oito Jovens da Paróquia de Cocal  – PI. Assim, desde 1996 até hoje no Piauí começaram os retiros do M.E.L.V.

Dom Eduardo na condição de bispo diocesano de Campo Maior realizou pela primeira vez o retiro do Movimento Evangelizador Luz-Vida, na cidade de Cocal de Telha, Paróquia Sagrado Coração de Jesus.

Reportagem: Helder Felipe – Assessoria de Comunicação Diocesana

Compartilhar:

NOTÍCIAS

A imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima visitou paróquias da Diocese de Campo Maior, entre os dias 13 e 15 de junho. Trata-se da iniciativa Jornada Mariana no Nordeste, que recorda os 70 anos da primeira vez que