Da Diocese

Movimento Luz-Vida promove retiro espiritual com 144 jovens em 3 cidades da diocese

Jovens do retiro de Boqueirão do Piauí.

Cento e quarenta e quatro (144) jovens das mais variadas paróquias da Diocese de Campo Maior estão realizando nas cidades de Nossa Senhora de Nazaré, Boqueirão do Piauí e São João da Serra o retiro espiritual do Movimento Evangelizador Luz Vida. O “Oásis da Vida Nova”, como é mais conhecido, dura 15 dias e tem como principal finalidade promover aos jovens o encontro pessoal com Jesus Cristo.

Os retiros possuem como moderadores os sacerdotes: Pe. Alcindo Saraiva (em Nossa Senhora de Nazaré, com 53 jovens), Pe. Marcos Rogério (em Boqueirão do Piauí, com 45 jovens) e Pe. Leandro Melo (em São João da Serra, com 46 jovens).

Retiro em Nossa Senhora de Nazaré.

O retiro possui uma metodologia própria, refletindo a cada dia um dos mistérios do Rosário. Os jovens participam da Santa Missa, aprendem sobre a história da Igreja na “Escola Apostólica”, meditam sobre passagens da Bíblia no “Encontro Evangélico”, aprendem sobre a história do Rosário e os dogmas da Igreja na “Escola de Oração” e procuram sinais de Deus na natureza durante a “Caminhada de olhos abertos”.

Eles também possuem um espaço reservado para conversar com Deus, a chamada “Tenda de Reunião”. À noite, todos participam de um lazer e realizam apresentações sobre os temas refletidos. O Movimento Luz-Vida está presente no Brasil há 30 anos, sendo trazido e implantado pelo 2º bispo da Diocese de Campo Maior, Dom Eduardo Zielski, hoje bispo diocesano de São Raimundo Nonato.

“O retiro proporciona  aos jovens uma experiência com Jesus. Este encontro que é marcante, e que segundo o Evangelho de João, ele tem hora pra acontecer, dia, circunstância, e até mesmo pessoas que nos ajudam a fazer este encontro real com Deus”, disse o Padre Alcindo Saraiva, em entrevista para nossa reportagem.

Retiro em São João da Serra.

Conheça a história do movimento:

O Movimento Evangelizador Luz – Vida, tem sua origem na Itália, onde se iniciou como Movimento de  Jovens com o  OÁSIS, elaborado e realizado primeiramente pelo seu criador Pe. Virgínio Rotonde no ano de 1950, tendo forte ligação com a Devoção Mariana.

Foi exatamente a primeiro de novembro de 1950, no decurso de mais um Ano Santo e na mesma manhã  em que Pio XII proclamava solenemente o Dogma da Assunção de Nossa Senhora, na praça de São Pedro, que nasceu o Movimento OÁSIS. Este se ramificou, fazendo surgir o Movimento Evangelizador Luz – Vida, também chamado OÁSIS.

Santa Missa, em Nossa Senhora de Nazaré.

O Movimento com o passar dos anos, cresceu e se desenvolveu, abrangeu outros países, se tornando internacional e atingindo não somente os Jovens, mas também os casais. O crescimento do Movimento e sua abertura a todo tipo de cultura se deu em virtude, de que em cada país onde se iniciou, na medida do possível, adaptou – se a realidade do lugar, contando sempre, na sua essência, com a mesma doutrina.

Este Movimento é simbolizado com as palavras LUZ – VIDA, escritas em grego, onde a palavra LUZ se cruza com a palavra VIDA, que tem Jesus como A LUZ que deve cruzar-se com toda a VIDA do homem. Os dias de retiro são divididos entre os quinze mistérios do terço, refletindo um mistério dia após dia, passando assim todo o ano litúrgico aos participantes, proporcionando-lhes o reconhecimento de que a liturgia deve ser uma fonte para a vida cotidiana.

Jovens no momento de lazer, em Boqueirão do Piauí.
Santa Missa em São João da Serra.

Reportagem: Helder Felipe (Setor de Comunicação – Diocese de Campo Maior)

Adicionar Comentário

Clique aqui para deixar um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fans que Curtem

Social Media