Da Diocese

Mensagem de monsenhor Francisco de Assis ao povo da Diocese de Campo Maior

Mensagem do Monsenhor Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR

“Alegres na Esperança, pacientes na tribulação e perseverantes na oração” (Rm 12,12)

Ao Clero da Diocese de Campo Maior;

Aos Seminaristas;

Religiosos e Religiosas;

Aos discípulos missionários de todas as pastorais, movimentos e serviços;

Às autoridades municipais;

E a todo o Povo de Deus, homens e mulheres de boa vontade.

Vos saúdo na pessoa do reverendíssimo Administrador Diocesano, Padre Raimundo Duarte.

Nesta data, dia 21 de junho do Ano da Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo (2017), a Nunciatura Apostólica no Brasil comunica ao Regional Ne4 da CNBB e a todos os demais, que o Santo Padre, o Papa Francisco, achou por bem me nomear como Bispo para a Diocese de Campo Maior, no Estado do Piauí. Desde a nomeação coloco a Diocese em minhas orações, bem como peço a Graça de Deus para ser Pastor a exemplo do Bom Pastor, Jesus Cristo, que veio para servir a todos, levando a Palavra da Salvação e a solidariedade aos necessitados (Jo 10,11).

Numa breve apresentação, sou paraibano com traços sócio-culturais do povo de todo o nordeste brasileiro. Nasci numa família simples com forte influência católica, sou o terceiro filho de sete irmãos. Meus pais moram na cidade onde nasci, Esperança, Paraíba, no dia 05 de Fevereiro de 1968; tenho, portanto, 49 anos de idade. Minha formação religiosa e acadêmica foi toda recebida no Brasil. Desde a minha ordenação sacerdotal moro em Pernambuco, parte em Recife e atualmente em Garanhuns, onde exerço a função de Pároco entre outras atividades na Diocese e na Província. Quanto às datas de ordenação e posse canônica em breve serão comunicadas. Desde já, conto com a oração de todos.

Logo ao chegar à terra dos carnaubais e assumir o pastoreio da Diocese, sendo seu terceiro bispo, irei conhecer a vida missionária e pastoral já implantada pelo clero e agentes de pastorais liderados pelos meus antecessores, Dom Abel Alonso Nuñez e Dom Edward Zielski em todo o território diocesano. Oferecerei o meu ministério episcopal pelo bem da Igreja, na instrução da Fé, compartilhando com o clero os anseios de todo o povo, entre eles os mais pobres e sofredores (EX 3,7).

Como membro da Congregação Redentorista, de carisma missionário, “sou chamado a ser testemunha do Redentor e profeta da redenção abundante que Deus oferece ao mundo” (Texto do Capitulo Geral dos Redentoristas), essas marcas espirituais também pautarão a minha vida e missão na Diocese de Campo Maior. Sei também que contarei com a proteção e intercessão de Santo Antonio de Pádua e da Virgem do Rosário de Fátima.

Recebam a minha paternal bêncão e até breve.

Monsenhor Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR

Garanhuns, PE

21 de Junho de 2017

Adicionar Comentário

Clique aqui para deixar um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fans que Curtem

Social Media