Da Diocese

Dois padres de Campo Maior são enviados para missão na Diocese de Diamantino-MG

envio-padres-diocese-de-diamantino-2020-1

Os padres Francisco José do Nascimento e João Paulo Moreira Santos, ambos incardinados na Diocese de Campo Maior, foram enviados no último domingo (16), durante a Santa Missa das 6h na Catedral de Santo Antônio, para a Diocese de Diamantino, localizada no estado de Mato Grosso.

A celebração de envio foi presidida por Dom Francisco de Assis. Em sua mensagem aos sacerdotes, o bispo diocesano falou sobre a sua alegria por aquele momento e sobre as perspectivas a partir do projeto ‘Igrejas-irmãs’: “A minha alegria é grande por que nós estamos no tempo pós-sinodal para a Amazônia, e a Igreja é missionária em sua essência. Nós já estamos em Manaus com três padres e agora nós vamos estar em Mato Grosso com dois. É uma experiência que nos enriquece muito, pois os padres serão os grandes articuladores, pois é um projeto que estamos abraçando por seis anos e ele vai ser avaliado em 2021. A nossa perspectiva é que amadureçamos para que ele dinamize a nossa ação evangelizadora”, disse.

Após a celebração, os dois sacerdotes partiram em viagem, acompanhados do Padre Raimundo Duarte, Vigário Geral da diocese, e do Padre Claudinei Pereira, representante do Clero Diocesano.

Para o Padre João Paulo, os dois aceitaram o desafio com o intuito de ajudar a Igreja onde ela precise: “Nós acolhemos esse apelo da missão como sendo do próprio Jesus. Estamos indo com a alegria do evangelho, levando a riqueza da nossa cultura piauiense, o apoio da nossa diocese, e evidentemente queremos somar com a Igreja no Mato Grosso, de maneira especial com a Diocese de Diamantino. Contamos com as orações de todos os diocesanos, irmãos e irmãs que aqui ficam”, disse.

A área geográfica da Diocese de Diamantino é de 107.498 km², com uma população aproximadamente de 359.935 habitantes (2014). É formada por 17 paróquias e 18 municípios. A cidade de Diamantino, berço da migração para a região, é originária da época dos garimpos de diamantes e de ouro.

Reportagem: Helder Felipe (Setor de Comunicação – Diocese de Campo Maior)

Adicionar Comentário

Clique aqui para deixar um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *