Da Diocese

“Construtores da esperança”: Nota diocesana sobre prevenção e combate ao Coronavírus

brasao-selo-dom-francisco

Dom Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR

Por mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica

Bispo de Campo Maior

 

Ao Clero, seminaristas, religiosos e religiosas e todos os fiéis leigos e leigas! Paz e benção no Senhor Jesus Cristo!

CONSTRUTORES DA ESPERANÇA

Nota diocesana sobre prevenção e combate ao Coronavírus

Construtores da esperança! Nestes tempos difíceis em que estamos, somos chamados a edificar uma sociedade sob a égide da esperança, pois estamos certos que como Igreja, devemos proteger o nosso povo, que precisa de amparo num tempo ávido de esperança.

“Corações ao Alto!” Nesta Quaresma mantenhamos os nossos “olhos fixos no Senhor, autor e consumador da nossa fé” (Hb 12,2). O próprio Senhor, por meio da Igreja, nos convoca à refletir sobre o respeito e a dignidade da vida humana, desde a sua concepção até o seu declínio natural. Na parábola do Bom Samaritano, Jesus nos ensina se a contemplação do outro, onde sentimos em nós mesmos, as dores de outrem. Eis o significado da compaixão: sentir em dentro de si, a dor do outro: “Viu, sentiu compaixão e cuido dele” (Lc 10,33-24).

Como promotores da esperança, evitemos que o medo seja mais forte que a vida. Deus está conosco! A Igreja e seus pastores, caminham com o seu povo. Diante da conjuntura global, ferida pela pandemia da COVID-19 – o “novo coronavírus” – manifestamos a todos que como Igreja, estamos juntos ao nosso povo. Por isso, seguindo as orientações de vigilância sanitária dos Governos Federais e Estaduais, e em comunhão com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), nos dispomos à viver em quarentena pela saúde, em união com a quaresma caminhando para a Páscoa do Senhor. Confiando ao Senhor nossa vida, vivendo “a quarenta na quaresma” por meio das orações, leitura da Palavra e convivência em família, nossa Diocese, comunica e determina:

  1. O cancelamento das atividades pastorais pelo prazo de 15 dias, tais como: festejos, encontros, visitas aos idosos e mutirões de confissão (Dia do Perdão), vias sacras nas ruas;
  2. Estão mantidas as missas nas igrejas matrizes, porém, encorajamos os presbíteros que celebrem mais missas em horários diferentes, sobretudo aos domingos, para evitar a aglomeração de pessoas em número que exceda o estabelecido por meio do decreto estadual nº 18.884 – 16/03/2020;
  3. Dispensamos da obrigação do preceito dominical, segundo o cân. 1247 do Código de Direito Canônico, as pessoas consideradas do “grupo de riscos”: idosos, pessoas com problemas cardiovasculares, diabéticos e lactentes. Neste sentido, intensifique-se o trabalho pastoral da PASCOM, para que as pessoas possam “assistir” ou “ouvir” a Santa Missa, conduzindo-os à comunhão espiritual, tão rica e necessária;
  4. A comunhão seja ministrada na mão dos fiéis, e por precaução, evitemos os gestos de mãos dadas e o abraço da paz;
  5. Mantenhamos nossas igrejas sempre higienizadas;
  6. Recomendamos aos fiéis, que seja observado os decretos de prevenção emitidos pelas autoridades públicas: lavar as mãos com água e detergente, o uso do álcool em gel, o consumo de vitamina C e a permanência em casa.

Aproveitemos essa mudança em nossa rotina, para vivermos em família: de maneira especial, rezando o Terço e lendo juntos a Bíblia Convocamos toda a nossa Diocese de Campo Maior, para um dia de oração, marcado para o dia 25 de março, Solenidade da Anunciação do Senhor.

Suscitar a fé! Construir a esperança! Renovar o amor! Fiquemos juntos, na oração e na esperança da luz do Ressuscitado, que dissipa as trevas e o medo. Como Maria e os Apóstolos, que aguardaram a vinda do Espírito, queremos imitar à Mae de Deus, e vigilantes aguardamos o Paráclito, “consolo que acalma, hóspede da alma; que lava o sujo e dá saúde dos doentes”.

Dado e passado na Cúria Diocesana de Campo Maior, no dia dezoito do mês de março do ano de dois mil e vinte sob Nosso Sinal e selo de Nossa Chancelaria.

 

Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR

Bispo de Campo Maior

Pe. Alcindo Saraiva Martins

Chanceler da Cúria Diocesana

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para deixar um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fans que Curtem

Social Media