Das Paróquias

Beneditinos promove lançamento da CF-2017 com palestras de especialistas

Foi realizada no dia 16 de março, na Câmara de Vereadores da cidade de Beneditinos-PI, uma roda de palestras sobre o tema trabalhado pela Campanha da Fraternidade este ano: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”.

palestra-beneditinos-cf2017

Na oportunidade, estiveram presentes vereadores, professores, pesquisadores e autoridades do município, como também a comunidade católica da Paróquia de São Benedito. No Mesmo evento, houve também o lançamento da Campanha da Fraternidade, com a presença do Padre Océlio Alves.

Os especialistas deram suas contribuições e falaram da importância de debater e dialogar sobre o tema proposto pela Igreja Católica no Brasil.

palestra-beneditinos-cf2017-1

Campanha da Fraternidade 2017:

No Brasil, a Campanha já existe há mais de 50 anos e sua abertura oficial sempre acontece na quarta-feira de cinzas, época na qual a Igreja convida os fiéis a experimentarem três práticas penitenciais: a oração, o jejum e a esmola.

Segundo o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, Dom Leonardo Ulrich Steiner, a proposta é dar ênfase a diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho. Para ele, a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior. “Ao meditarmos e rezarmos os biomas e as pessoas que neles vivem sejamos conduzidos à vida nova”, afirma.

O texto-base está dividido em quatro capítulos, a partir do método ver, julgar e agir, faz uma abordagem dos biomas existentes, suas características e contribuições eclesiais. Também traz reflexões do tema sob a perspectiva de São João Paulo II, Bento XVI e o papa Francisco. Ao final, são apresentados os objetivos permanentes da Campanha, os temas anteriores e os gestos concretos previstos durante a Campanha 2017.

Reportagem: Helder Felipe (Assessoria de Comunicação Diocesana)

Informações: José Nilton e CNBB

Adicionar Comentário

Clique aqui para deixar um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *